Em que podemos te ajudar?

Assine a News Gallant

Fique por dentro de todas as novidades.

10 dicas para manter a boa operação da câmara fria

Escolher a melhor câmara fria para o seu negócio, de acordo com suas necessidades e as necessidades de seus clientes, é o primeiro passo para o sucesso de seu empreendimento. Contudo, saber conservá-la também faz parte do processo de preservação de seu negócio funcionando a contento. Por isso, indicamos aqui para você, que trabalha com câmaras frias, 10 dicas bem práticas de manutenção de seus equipamentos.

1 – Fique de olho nas condições das peças! Sua câmara não tem acompanhamento remoto? Verifique 3 vezes ao dia as condições do equipamento para prevenir variações de temperatura e perdas de produtos.

2 – Você percebe variações constantes ou inadequações? Pode ser sinal de erro mecânico ou de má utilização do equipamento. Avise imediatamente a Gallant. Se preciso for, enviaremos um técnico para ajudar você a resolver o problema (se a câmara estiver dentro do prazo de garantia).

Conheça o conceito chave na mão Gallant

3 – Inspecione a unidade condensadora. Verifique, pelo menos uma vez por mês, se há acúmulo de pó no condensador. Limpe-o sempre para que o sistema siga funcionando normalmente. Caso contrário, pode haver elevação de pressão.

4 – Cuidado com a Porta Frigorifica. Ao bater a porta, verifique se ficou travada. Uma resistência localizada dentro do marco da porta o manterá sempre aquecido para evitar sua condensação. Porta aberta promove gasto desnecessário de energia. Evite abre e fecha desnecessário.

Câmara fria: escolha a melhor para a sua necessidade

5 – Desligue a câmara para lidar com grandes volumes de produtos. Para armazenar ou retirar grandes volumes de produtos, desligue a câmara, proceda o trabalho e só depois a ligue novamente. Você evitará a formação de gelo no evaporador que, bloqueado, não funcionará perfeitamente. Ah, houve acúmulo excessivo de gelo no evaporador dentro da câmara? Faça um degelo manual, observando o derretimento completo do gelo.

6 – Armazene adequadamente os produtos. Use prateleiras, estrados e caixas com passagens de ar bem distribuídas dentro da câmara para facilitar a circulação do ar. Nunca coloque um produto na frente do evaporador. Mantenha um espaço de 1 cm entre as fileiras de produtos e dos produtos para as paredes da câmara fria, para facilitar a circulação de ar.

Soluções personalizadas para o seu negócio

7 – Preserve a Unidade Condensadora. Localizada na parte externa da câmara fria, a Unidade Condensadora deve ser mantida em local limpo, arejado e ventilado. Evite escorá-la em caixas e tábuas. Se for construir paredes para proteção, verifique a não circulação do ar. Máquinas abertas, sem carenagem, não devem ser expostas ao tempo. Melhor fazer uma cobertura ou abrigo. Assim você aumentará o tempo de vida útil e diminuirá o consumo de energia da unidade. Já o condensador da unidade precisa ser limpo de tempos em tempos, para garantir a correta condensação do fluido refrigerante. A limpeza pode ser feita com água, escova macia ou bico de ar, com cuidado. Recomendamos não usar lava jato. Foi limpar a unidade condensadora e encontrou óleo que insiste em ali permanecer? Envie fotos para a Gallant ajudar você com o problema.

8 – Atente para o degelo do evaporador. De tempos em tempos, a câmara fria utiliza degelo elétrico para derreter o acúmulo que ocorre na passagem de ar no evaporador, devido às temperaturas baixas aliadas à umidade do ar. Resistências elétricas instaladas na serpentina do evaporador provocam calor e, consequentemente, o derretimento do gelo acumulado. O período de degelo automático é regulado pelo técnico, na hora da montagem. Nas câmaras de congelado, gira em torno de 4 a 4 horas. Nas câmaras de resfriado, de 6 em 6 horas.

Contudo, esses tempos podem variar conforma a avaliação técnica. Quando entra em degelo, subir a temperatura no visor da máquina é normal, já que o sensor de temperatura e as resistências do evaporador são próximas. Contudo, isso não vai interferir na temperatura do produto. E tudo voltará à normalidade assim que a câmara for religada. Se mesmo com todos estes cuidados você perceber o acúmulo de gelo no evaporador, ligue para a Gallant que nós iremos ajudá-lo. É possível que um técnico necessite reprogramar os tempos de degelo.

Melhor performance? Conte com uma Unidade Condensadora

9 – Água drenada, água reutilizada. A água que escoa pela bandeja durante o degelo é levada por uma tubulação de pvc, na parte externa da câmara fria. Essa água não é contaminada e pode ser reutilizada em ralos, bueiros ou mesmo baldes e tambores e para irrigar gramados e plantas.

10 – Tenha sempre à mão o fone da Gallant e do técnico que instalou sua câmara fria!

A linha de câmaras frias da Gallant composta por dois tipos: resfriadas e congeladas. Além disso, também possuímos opções modulares, com unidades condensadoras ou sob medida para o seu negócio.

Assine a News Gallant

Fique por dentro de todas as novidades.

    Deixe seu comentário

    Compartilhe

    Share on facebook
    Share on whatsapp
    Share on email
    Share on linkedin

    Posts relacionados

    SIMULADOR DE CÂMARA FRIA

    GALLANT

    Descubra a câmara fria ideal para o seu negócio.